sexta-feira, 17 de outubro de 2014

Eu tenho um filho adolescente!

Ser mãe de adolescente não é nada fácil, isso todo mundo já sabe! O que não me contaram é que passa muito rápido a infância! Ontem mesmo meu filho ainda mal sabia falar as palavras direito, e hoje ele é o "dono da verdade", como certeza do alto de seus treze anos de idade ele sabe muito mais do que eu!
É claro que estou sendo irônica acima, mas com certeza eu aprendo muito com meu filho adolescente. Aprendo que eu também não sou a dona da verdade, aprendo que tenho que ceder às vezes, que tenho que me aproximar dele, pois sinto que a cada dia que passa, ele vai ficando mais sabido, mais independente, mais distante, e isso é apavorante, para falar a verdade. Será que sou só eu que sinto isso?
Mas quando ele se machuca, ou quando chega o dia das crianças, ou quando se magoa, ele procura meu colo, e tenho certeza de que ainda sou o porto seguro dele, e isso me deixa segura também, saber de que ele tem uma referência.
Uma vez uma pessoa disse para mim, que o lugar mais importante da sala é o sofá, é lá que devemos passar nossas experiências para nossos filhos. Quando falta sofá, nossos filhos se perdem nas drogas da vida, e em parte concordo com ela.
Concordo que admitir que é uma fase muito difícil para eles, já é um bom começo, e como pessoa mais madura, eu tenho que procurar a paz, sem deixar de me impor com a minha autoridade de mãe. Esse equilíbrio de ser mãe e também amiga é difícil encontrar, mas penso que estou encontrando.
Apesar de tudo meu filho é maravilhoso, todos elogiam sua educação, ele ajuda nos afazeres domésticos, além de ser muito focado em sua carreira desde já, a música.
Penso que com o segundo já terei uma relação melhor, pois terei experiência com adolescente. O melhor é sempre tentar o que seja bom para as partes envolvidas, como já disse, sem que a autoridade seja comprometida.
Desejo a todos uma ótima semana. Fiquem como meu filho tocando uma linda melodia.